Valesca Popozuda critica live com superprodução: "Tem muita gente morrendo"

Ela tem feito lives divertidas neste período, mas tem dispensado toda produção para evitar aglomeração

Postado em: em Um Toque a +

Valesca Popozuda tem sido uma das celebridades que mais tem falado sobre a importância do isolamento social por conta do coronavírus. 

Ela tem feito lives divertidas neste período de quarentena, mas tem dispensado toda e qualquer produção para evitar aglomeração.

Até aqui, os vídeos da funkeira começam com a câmera posicionada em um móvel e a interação feita de forma amadora.

Recentemente, ela criticou artistas que estão reunindo muitos profissionais em suas lives. 

Um seguidor, no entanto, afirmou que Valesca estaria com “inveja” por não conseguir patrocínio. Sem papas na língua, a carioca respondeu que não se trata de falta de parcerias e sim de consciência.

“A Absolut me patrocinou e continuei com o mesmo modelo de live, dentro do quarto com a minha irmã mexendo no som e apenas uma câmera. Se você não concorda é um direito seu, mas não critique julgando o que você não sabe. Tem muita gente morrendo, muito artista passando fome e não tem necessidade de fazer uma live com 70 pessoas nos bastidores aglomerando”, diz ela.

Na sequência, Popozuda garantiu que todo o dinheiro que ganhou com patrocínio foi dividido com sua equipe para que todos pudessem ficar em casa e em segurança. Esta não é a primeira vez que a cantora discute por causa desse assunto. 

Ela se tornou uma verdadeira "fiscal da quarentena" e tem dado “broncas” nos próprios fãs que saem de casa sem necessidade.


Artigos Relacionados