TSE retoma combate às fake news nessa segunda-feira, 15 de janeiro

Objetivo é combater a propagação das publicações feitas com intenção de aparentar veracidade

Postado em: em Justiça

O tema das fake news, as notícias falsas, difundidas nos últimos tempos constantemente, volta à pauta do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nesta próxima segunda-feira, 15 de janeiro.

O Conselho Consultivo, formado por representantes de diversos órgãos, se reunirá para debater formas de combater, já nas próximas eleições que acontecerão no mês de outubro, o uso e a propagação das publicações que são feitas com a intenção de aparentar veracidade, mas que, na verdade, enganam o leitor para gerar benefícios a terceiros.

Durante campanhas, as notícias falsas atribuem mentiras a algum candidato com o objetivo de favorecer os adversários.

O TSE estuda formas de punir quem publicar ou compartilhar notícias falsas nas redes sociais. Uma das punições pode ser retirar o conteúdo do ar.

Segundo o ministro Luiz Fux, que assume a presidência da Corte em fevereiro, a Justiça Eleitoral também analisará perfis falsos e quer usar medidas preventivas para combater empresas que já preparam estratégias de divulgação de fake news.

O pleito de 2018 ocorre no dia 7 de outubro, em primeiro turno, e no dia 28 de outubro, nos casos de segundo turno.

Os eleitores vão escolher presidente da República, governador, dois senadores e deputados federais, estaduais ou distritais.


Artigos Relacionados