Prevenção: APAE Batatais altera serviços para prevenir a proliferação da COVID-19

Medidas seguem protocolos das autoridades municipais, estaduais e nacionais de saúde

Postado em: em Cidades

Diretora técnica da APAE Batatais, Carmen Cestari (Foto: Reprodução)

Depois do adiamento do evento Empresa Amiga 2020, que reuniria cerca de 150 convidados de Batatais e região neste final de semana, a APAE Batatais anunciou na manhã desta terça-feira, 17, uma série de alterações nos serviços prestados nas áreas de assistência social, educação especializada e saúde. A suspensão de parte das atividades segue gradativamente até a próxima sexta-feira, 20.

Seguindo as orientações do governo do estado e do município, as aulas estarão suspensas definitivamente a partir de segunda-feira, 23.

Ainda durante essa semana as escolas das APAES deverão estar abertas para orientar as famílias e receber alunos que ainda comparecerem, segundo orientação da Federação das APAES do Estado de São Paulo (FEAPAES-SP), emitida no dia 16.

Na área da assistência social, até o momento, não existem medidas ou orientações para a suspensão das atividades, sendo que possíveis interrupções dependerão de publicação de decretos ou orientações do município. 

Segundo a diretora técnica da APAE Batatais, Carmen Cestari, as famílias que possuem condições de ficar com seus familiares em casa, já não estão enviando os atendidos para a instituição, incluindo as pessoas idosas. 

“Permanecerão aqui somente aqueles que precisam de cuidados especiais, mas como a APAE é muito grande, vamos separar essas pessoas em locais arejados, sob todos os cuidados de higiene redobrados para evitarmos qualquer risco”, afirma.

Seguindo as orientações do Departamento Regional de Saúde (DRS-XIII) do Estado de São Paulo, a partir de hoje, as famílias serão orientadas a não encaminharem para atendimentos pacientes doentes, com febre ou acima de 60 anos. 

Os demais atendimentos seguem normalmente até que novas orientações sejam repassadas.

Carmen diz que a grande preocupação é com a saúde das pessoas atendidas. “Temos muitos casos que correrão mais riscos ficando em casa. Já orientamos as famílias que estaremos aqui durante esse período de suspensões para qualquer orientação ou apoio. É um momento que precisa da colaboração e compreensão de todos para que seja superado o mais breve possível”, finaliza.

Segundo a diretoria da instituição, novos procedimentos podem ser adotados ao longo da semana seguindo as orientações dos órgãos competentes. As informações acima são referentes ao cenário apresentado na manhã de terça-feira, 17.


Artigos Relacionados