Praça da Juventude começa a receber melhorias para sediar o Corredor Cultural

Evento acontece domingo, 26, oferecendo várias atividades de lazer e arte para a população

Postado em: em Obras

 A Prefeitura de Franca iniciou essa semana um conjunto de melhorias na Praça da Juventude ‘Josaphat Guimarães França’, no Jardim Redentor, onde no próximo domingo, 26 de maio, será realizada a 32ª edição do Corredor Cultural, evento que oferecerá gratuitamente múltiplas atividades de arte e lazer para a população da cidade. Esse é um projeto patrocinado pela Prefeitura e Fundação de Arte, Esporte e Cultura, através do Bolsa Cultura, em que os responsáveis apresentam o seu plano de trabalho para o ano todo, mediante chamamento público.

     Daniel Aguiar, um dos organizadores, disse que são aguardadas milhares de pessoas com diversas opções, desde a arte da grafitagem, com 29 participantes mostrando suas habilidades aos shows musicais com o grupo General Blues, Rap Tales e Balbino e Daniel Escova, Opção Fatal, Corpo Negro, entre outros nomes. Também haverá espaço para as crianças e suas famílias, com momentos de contação de história e muita diversão nos equipamentos disponíveis a partir das 14 horas.

    A Praça da Juventude fica localizada na rua Joaquim Cândido Guilhobel e conta com quadra de vôlei de areia, campinho de futebol, pista de skate, salão para aulas de dança e uma quadra poliesportiva coberta.

Revitalização

    A partir dessa quarta-feira uma força tarefa da Prefeitura entrou em ação para recuperar boa parte das instalações da Praça da Juventude e deixar tudo em condições de acolher bem o público para o Corredor Cultural. Alvo de constantes práticas de vandalismo e até roubo de cabeamento elétrico, além de muitas pichações, cada instalação está recebendo pintura nova e adequações nas partes elétrica e hidráulica.

   Segundo o secretário de Esportes, Arte e Cultura, Elson Bonifácio, a quem a Praça da Juventude está vinculada, junto com essa limpeza e manutenção geral que foi iniciada, é importante que cada usuário e morador das imediações auxilie na conservação. Segundo o secretário, a Prefeitura quer aproveitar esse gancho do Corredor Cultural para mostrar aos usuários como é útil uma estrutura desse nível e mais ainda, quanto é importante cada pessoa ficar atenta e ajudar para coibir a sua má utilização.


Artigos Relacionados