Perfume da Alma

Postado em:

Essa semana eu iria continuar a escrever sobre as tantas lendas perfumadas que envolvem o Natal, mas não consegui. Em nenhum momento meu pensamento me deixou escolher palavras para enfeitar essa época que eu tanto amo, quando a minha cidade inteira ainda está em luto depois de uma triste fatalidade com cinco jovens meninos.

Eu sei bem que a todo momento e em cada pedacinho do globo terrestre, acontecem milhares de fatalidades, mas não adianta descordar que quando esses incidentes acontecem tão perto de nós e com pessoas do nosso convívio eles doem mais. O que mais aprendi nesse final de semana com tantas coisas que aconteceram além desse triste acontecimento, foi que as comparações de dores são inúteis, o que é uma faísca para você pode ser um imenso incêndio para mim, o ser humano precisa aprender a respeitar a dor do outro e o quanto tragédias assim mexem com cada um.

Apesar da pouca idade, também aprendi, que quando alguém muito querido se vai, um dos tesouros mais bem guardados que ficam é o cheiro daquela pessoa. Não aquele recém saído do banho, o verdadeiro cheiro, aquele que quando um bebê nasce, ele já carrega em si. Das minhas maiores saudades (meus avós) é o que mais me recordo, o delicioso cheiro deles que me fazia sentir amada e acariciada. Mais um motivo para esse mundo incrível e mágicos dos cheiros me maravilhar. Os momentos difíceis se vão, o tempo se encarrega disso por mais que demore, e o que fica foram as coisas boas, os sorrisos, as brincadeiras, as horas de conversa, o silêncio compartilhado, os momentos ternos, e tantas outras coisas.

Que com essas partidas possamos refletir ainda mais neste Natal, e crer que essa vida não tem fim, apesar de muitos irem embora tão cedo e outros viverem até seus centenários. Que saibamos desfrutar de cada segundo dessa vida, e amar sem medidas e sem medo. Não deixe nada pra amanhã! Vai lá sentir aquele cheiro que te faz tão bem, e se embriagar das melhores companhias que a vida te oferece!

Um feliz e abençoado Natal a você!


*Esta coluna é semanal e atualizada às quintas-feiras.​