Peres avisa que Santos só jogará no Pacaembu pela Libertadores da América

Presidente pede paciência e mais apoio e confiança na nova gestão que é implantada no clube

Postado em: em Futebol

O Santos jogará a Libertadores exclusivamente no estádio do Pacaembu, em São Paulo. A afirmação é do presidente recém-eleito do clube, José Carlos Peres. Em um vídeo que está circulando na internet, pelas redes sociais, o mandatário aparece na entrada da Vila Belmiro discursando diretamente aos torcedores.

E, de forma espontânea, o presidente descarta qualquer partida do Peixe na principal competição continental dentro do estádio santista. “Estamos aqui no Santos, trabalhando bastante para a gente ter um clube mais enxuto, com mais receita, jogando em São Paulo e jogando em Santos. Libertadores da América toda ela no Pacaembu”, avisa José Carlos Peres, em tom convicto.

“E dizer para vocês que nós precisamos de apoio agora. O Santos precisa de dinheiro. O Santos passa por um colapso financeiro e a gente tem que ajudar o clube. Então, chamar vocês torcedores, que compareçam aos jogos do clube. Vamos ajudar esse gigante a se reerguer, vamos ter um time forte no Campeonato Paulista”, continua o presidente.

Por fim, Peres pede paciência e mais apoio e confiança na nova gestão que está sendo implantada no clube desde dezembro do ano passado.

“Algumas contratações estão já vindo, estamos fazendo com calma para a gente não afundar ainda mais o clube. Vocês fiquem tranquilos porque nós teremos um novo Santos em 2018. Um abraço a todos, um ótimo 2018, com bastante saúde, sucesso e o nosso Peixão campeão”, conclui.

Após o sorteio dos grupos da Copa Libertadores da América, no Paraguai, Orlando Rollo, vice-presidente do Santos, já antecipou que a estreia da equipe no torneio tinha tudo para acontecer na Capital Paulista, mas não chegou a descartar jogos na Baixada.

“Muito provavelmente (primeiro jogo em São Paulo). Um grande indicativo é que vamos jogar no Pacaembu e na Vila na Libertadores também. A estreia provavelmente será no Pacaembu”, disse, em entrevista ao vivo ao Sportv.

Apesar de Peres e Rollo prometerem em campanha eleitoral que levariam 50% dos jogos do clube para o Pacaembu, se eleitos, o tema sempre gera muita polêmica entre os torcedores alvinegros. A tradição da Vila, as cadeiras cativas e a renda com bilheteria são os argumentos mais enfatizados pelas duas alas, de acordo com cada interesse.

Nesse contexto, a decisão de jogar 100% dos jogos da competição prioritária do clube no ano longe da sua sede oficial certamente ainda vai render muita discussão. Nesse cenário, não será surpresa se Peres mudar de ideia.


Artigos Relacionados