Natal: pesquisa diz que 65,5% dos consumidores de Franca irão às compras

Estudo do Ipes e mostra que maioria pretende adquirir dois presentes, gastar R$ 100 em cada e pagar à vista

Postado em: em Comércio

A ACIF (Associação do Comércio e Indústria de Franca) firmou parceria com o Ipes (Instituto de Pesquisas Econômicas e Sociais), do Uni-Facef (Centro Universitário de Franca), para a realização da pesquisa de intenção de compras para o Natal e, de acordo com os dados, 65,5% dos consumidores pretendem presentear em razão da data. 

A maioria (24,44%) afirma que dará dois presentes, este ano, gastando R$ 100 (22,96%) em cada um deles. Válido ressaltar que 20% dos entrevistados disseram que comprarão três itens e outros 19%, um presente.

“Em 2018, a pesquisa do Ipes mostrou que 62% da população pretendia presentear naquele Natal. O crescimento verificado neste ano, ainda que tímido, mostra uma gradual retomada do otimismo do consumidor. Além disso, a pesquisa mostra que o horário especial do comércio deve influenciar o desempenho do comércio de forma positiva, resultando em incremento às vendas”, afirmou o presidente da ACIF, Tarciso Bôtto. De acordo com o estudo, o horário estendido do comércio durante o mês de dezembro tem relevância para 86,67% do público.

A pesquisa também apurou que, neste ano, os consumidores mais dispostos a presentear são, em sua maioria: mulheres (63%) com idades entre 25 e 40 anos (37,41), solteiras (42,22%), empregadas (71,48%), classe D (37,41%), Ensino Médio (50%) e mães (55,55%).

No Top 5 dos tipos de presentes mais procurados, as roupas ficaram em 1º lugar (67,41%) na intenção de compra seguida pelos brinquedos (46,67%), perfumes e maquiagens (24,44%), calçados (23,33%) e eletrônicos (7,04%). “As variações nas porcentagens dos presentes mais procurados ocorrem em razão das múltiplas respostas. Pode ser, por exemplo, que o consumidor compre roupa para os pais, brinquedos para os filhos, calçados ou perfumaria para o companheiro”, explicou o pesquisador do Ipes Welton Silva.

A pesquisa encomendada pela ACIF ao Ipes foi realizada entre os dias 18 e 24 de novembro em pontos de fluxo comercial nas regiões Norte, Sul, Leste, Central e no centro de compras Franca Shopping. Foram ouvidas 412 pessoas com idades acima dos 16 anos e seu nível de confiança nos resultados é de 95% e margem de erro aproximada de 6%.

Formas de pagamento e uso do 13º salário

O uso do 13º salário para a compra de presentes e a forma de pagamento foram outros fatores observados pela pesquisa. De acordo com os resultados, 22,95% dos entrevistados pretendem fazer uso do 13º Salário para aquisição de presentes neste Natal. Cabe destacar, ainda, que em 2018 o percentual era de 46,90, acima do dobro do que mostra a pesquisa de 2019.

Quanto à forma de pagamento, 48,52% das pessoas afirmaram que pretendem realizar os pagamentos à vista no dinheiro ou cheque. 27,04% também pretendem pagar à vista, mas no cartão de débito. O cartão de crédito foi mencionado por 21,48% dos consumidores; 1,48% vão utilizar carnê e 1,48% não respondeu.

A antecipação de consumo e decisão de compra

Segundo 55,93% dos consumidores de fim de ano, a compra antecipada de presentes é sua primeira opção para evitar filas e tumulto, aproveitar descontos, encontrar o que precisa, dentre outros. 


Artigos Relacionados