Gilson cancela contrato para construção de nova avenida do Aeroporto 3

Prefeito não dá sequência a obra já começada e pode enfrentar crise com a base de governo

Postado em: em Política

Pelo visto, a esperada nova avenida de acesso ao Jardim Aeroporto III, que também servirá a outros bairros da zona sul, como Aviação, Aeroporto IV e Santa Bárbara, não sairá do papel.

A Prefeitura cancelou o contrato com a EMDEF - Empresa Municipal para o Desenvolvimento de Franca - e as obras voltaram à estaca zero, sem qualquer previsão de início e, menos ainda, de conclusão.

As obras foram iniciadas, em 2016, e chegou a ser paga uma parcela de R$ 57 mil à EMDEF. Os recursos foram reservados para o orçamento de 2017, mas a construção da avenida não foi efetivada.

A última informação oficial é que o contrato foi cancelado e que a EMDEF está aguardando a oficialização do novo secretário de Planejamento Urbano para a formalização de um novo projeto e um novo contrato. 

Porém, as chances da nova avenida, orçada em R$ 1,7 milhão, sair do papel, é mínima.

E o problema pode ir muito além da construção da avenida. Como o recurso de R$ 1,7 milhão já estava carimbado, não poderia ser utilizado em outra despesa sem a autorização da Câmara. 

Se isso ocorreu, além do fato do prefeito Gilson de Souza (DEM) ter ignorado a lei que previa a verba, e eventualmente ter feito o remanejamento de forma indevida, enfrentará problemas com a sua governabilidade.

É que a bancada do PSB na Câmara, composta por dois vereadores, está indignada com a não realização da obra e poderá se afastar de Gilson nos próximos meses.



Artigos Relacionados