Gilson "apanha" nas redes sociais da população, que reclama de sua gestão

Prefeito recebe críticas da população em praticamente todas as postagens que faz no Facebook

Postado em: em Política

​A internet é uma forma rápida e direta para interagir com as pessoas, mesmo as mais distantes. Pode ser bom ou ruim, dependendo do tom da conversa e da posição que ocupa cada um dos interlocutores.

No caso de pessoas públicas, é uma faca de dois gumes. Para os políticos, as redes sociais e aplicativos de mensagens, como Facebook e WhatsApp, são excelentes formas de se conquistar o eleitor. Porém, deixam a guarda baixa para quem quiser criticar.

Isso tem ocorrido com o prefeito Gilson de Souza (DEM). Em todas as postagens que faz, há críticas, algumas muito contundentes. Isso em seus três perfis. Exemplo foi a postagem que fez no dia dez de janeiro, destacando a convocação de médicos para a rede pública.

De imediato, foi questionado pela internauta Joyce Temótio. "Será que agora posso ter esperança de ser chamada para o concurso efetivo de professores? Educação também deveria ser prioridade".

Nilson Bernardes também contestou a chamada priorização da saúde. "Minha tia tem 89 anos e já faz um ano esperando para cirurgia de urgência para catarata dos olhos. E ainda nao foi chamada. Quando vai chamar?", questionou.

"Em 2013, foi aprovado o Código de Defesa de Animais de Franca (Lei Complementar 229/2013). Este código determina que o Município deverá firmar convênio para tratar os animais abandonados quando enfermos ou atropelados e os vítimas de maus tratos. Mas o município ainda não firmou qualquer convênio, exceto o da Unifran, que foi imposto pelo Ministério Público. Mas este convênio com a Unifran funciona muito mal, vez que não atende a demanda. O senhor pretende cumprir a lei e firmar estes convênios?". Não houve resposta do prefeito ou de seus assessores.

​E assim segue a gestão municipal de Franca. Com muitas perguntas pertinentes sobre os atendimentos à população e poucas - e vagas - respostas. E isso não tem nada de virtual, é a realidade de nossa cidade.


Artigos Relacionados