Gestão do tempo: Aprenda a se planejar para realizar sonhos e atingir metas

Segundo docente do Senac Franca, o planejamento é o propulsor de boas conquistas e decisões acertadas

Postado em: em Mais+

Em meio a tantos compromissos diários, encontrar espaço para organizar horários e atividades parece missão impossível. Porém, de acordo com Lídia Santana de Oliveira, psicóloga e docente da área de gestão e negócios do Senac Franca, é justamente esse planejamento o propulsor de boas conquistas. Sem ele, é mais fácil se distanciar dos objetivos e tomar decisões erradas.

Seja no trabalho, seja na convivência social, a gestão do tempo é imprescindível para alcançar metas e manter uma rotina saudável. “O mais importante é manter sob controle todas as atividades a serem executadas”, ressalta Lídia. As pessoas vivem dias agitados e de constantes mudanças, por isso uma das melhores práticas na organização do tempo é manter um cronograma atualizado.

É possível optar tanto pela tradicional agenda quanto por aplicativos que favorecem o processo de organização pessoal. A docente do Senac ainda indica que é necessário definir prioridades, urgências e emergências nas atividades a serem executadas. “Fazer algo que poderia ser feito na próxima semana e deixar algo que deveria ter sido feito hoje pode gerar improdutividade. Produzir mais é sinônimo de organização e otimização do tempo”.

Para David Alonso de Oliveira, pai, marido, docente, personal trainer e atleta amador, a administração dos afazeres é a chave do sucesso para alinhar todas as demandas do dia. O segredo para ele conseguir exercer todos esses papéis está na harmonização dos fatores que lhe rodeiam. No seu caso, ele tenta criar um ambiente que seja favorável à sua família, para que todos possam passar mais horas juntos. “O tempo, como sabemos, é o nosso bem mais precioso e com ele temos que construir as mais diversas e importantes relações”, diz

No caminho

Adepto de corridas de montanhas, David treina de três a quatro vezes por semana e concilia as atividades com a convivência familiar. “Um passeio de bicicleta com minha filha se torna um treino de corrida leve ou moderado, de acordo com a velocidade que ela emprega na bike. Uma corrida em uma cidade distante, que requer hospedagem, transforma-se em um passeio, e assim vai”, explica.

Para Lídia, esse é o caminho certeiro. Aqueles que ainda não têm o hábito de se organizar, a orientação é agir e, aos poucos, promover a mudança. Fazer sempre a mesma coisa leva sempre ao mesmo resultado. Entretanto, é importante dar um passo de cada vez, começando por transformações simples, até que o novo se torne parte da rotina.

O mesmo projeto vale para a realização de sonhos. É preciso identificar claramente qual é o desejo e o que ele demanda para ser concretizado. Por exemplo, se você deseja comprar um carro, é preciso fazer as seguintes perguntas: quanto custa o meu sonho? Por quanto tempo irei poupar para atingi-lo? Quais renúncias serão necessárias em prol dessa realização?

Nessa gestão de metas, a organização financeira também é quesito indispensável. O primeiro passo é levantar o custo total do investimento e definir a viabilidade, além de vantagens e desvantagens de pagamentos à vista ou parcelados. “O segundo passo é diluir esse custo em valores possíveis de serem pagos ou poupados ao mês, evitando que a renda pessoal ou familiar seja prejudicada”, afirma a docente do Senac Franca.  “Saber planejar é saber aproveitar”, finaliza. 


Artigos Relacionados