Falta de iluminação na área urbana das rodovias é questionada junto à Artesp

Trechos se tornaram perigosos onde diversos atropelamentos e acidentes já foram registrados em Franca

Postado em: em Segurança

Passarela próximo a Vila São Sebastião - trecho já teve vários acidentes perigosos e com vítimas, necessitando de iluminação

Um ofício enviado pela deputada Márcia Lia (PT) encaminhado à ARTESP – Agência Reguladora dos Transportes no Estado de São Paulo – questiona o perigo existente na malha viária urbana que pertence as rodovias Ronan Rocha e Cândido Portinari.

Márcia Lia ficou preocupada após uma live feita por Gilson Pelizaro (ex-vereador) sobre os perigos e risco que existem nas rodovias Cândido Portinari e Ronan Rocha (no trecho urbano).

“Tem lugares escuros entre o pontilhão do Aeroporto 2 e o elevado do restaurante Minuano; próximo a Universidade de Franca; Trevo de acesso ao Galo Branco; viaduto do Amazonas e Vila São Sebastião, bem como o pontilhão do Jardim Guanabara.

Nesses trechos já aconteceram inúmeros acidentes e alguns com vítimas graves que tem deixado Pelizaro e Márcia Lia preocupados.

O pedido de iluminação à ARTESP foi para a extensão urbana da Ronan Rocha e da Cândido Portinari. Atualmente só existe iluminação entre o viaduto do Leporace a ponte de acesso ao São Domingos.

A deputada pediu da Via Paulista que realize os estudos necessários para implementação das iluminações adequadas que expõem os usuários da rodovia a flagrante risco de morte.

Além de providências à iluminação na Rodovia Cândido Portinari – SP 334, nas proximidades do Franca Shopping até o parque Vicente Leporace no município de Franca.

O presidente da Artesp Milton Roberto Persou, da gerência Agência de Regulação dos Transportes do Estado de São Paulo – ARTESP – recebeu os ofícios, mas ainda não se pronunciou a respeito.

Alguns acidentes ocorreram nos trechos já citados, porém a Via Paulista não revelou se fará investimentos nesses trechos. Sabe-se, no entanto, que a concessionária das rodovias investiu perto de R4 600 mil para iluminar o trecho entre o Leporace e o São Domingos. 


Artigos Relacionados