Abertas as inscrições para Olimpíada de Astronomia e Astronáutica

Estudantes do Ensino Médio e fundamental podem se cadastrar no site da OBA até domingo, 18 de março

Postado em: em Educação

A Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA) está com inscrições abertas até o dia 18 de março, para estudantes dos ensinos fundamental e médio que tenham interesse em participar da ação. Escolas públicas e particulares que ainda não participaram da OBA também podem se cadastrar no site (www.oba.org.br ).

A Olimpíada, que ocorrerá em 18 de maio, é realizada em fase única e dividia em quatro níveis. Os três primeiros para alunos do fundamental e o quarto para os do médio. A prova, composta por 10 perguntas, aborda assuntos de astronomia e astronáutica e a maioria delas é de raciocínio lógico.

Após esta etapa, as medalhas serão distribuídas aos alunos de acordo com a pontuação obtida em cada nível. Os melhores colocados representarão o Brasil nas olimpíadas Internacional de Astronomia e Astrofísica e Latino-Americana de Astronomia e Astronáutica em 2019.

Além disso, os participantes dessa edição vão concorrer a vagas nas Jornadas Espaciais, em São José dos Campos. Os selecionados receberão material didático e assistirão a palestras dos especialistas.

Os estudantes que também se interessarem, a 12º Mostra Brasileira de Foguetes (MOBFOG) está com inscrições abertas até 18 de março pelo site da OBA. O evento avalia a capacidade dos estudantes de construir e lançar foguetes feitos de garrafa pet, de tubo de papel ou de canudo de refrigerante.

A MOBGOG é voltada para alunos dos ensinos fundamental e médio de escolas públicas e particulares de todas as regiões do país. Vale lembrar que jovens que concluíram o médio também podem participar, desde que representem a instituição na qual se formaram.

O evento ocorrerá dentro da própria escola e também tem quatro níveis. Neste ano, sem concorrer a prêmios, os professorem poderão aproveitar para construir e lançar os foguetes de papel ao lado dos estudantes. Os protótipos devem ser elaborados e projetados individualmente ou em equipe.

Depois que ocorrer a prova da OBA no dia 18 de maio, a instituição deverá informar os nomes dos participantes e os alcances obtidos pelos foguetes. No final, todos, incluindo professores e diretores, receberão um certificado. Já os alunos, que atingirem a maior altura com o seu projeto, receberão medalhas.


Artigos Relacionados