Doenças de pele são motivo de 32% das idas de cães ao veterinário

​As doenças de pele mais comuns em cães são resultado de ectoparasitas e alergias

Postado em: em Cotidiano

​Entre os diversos cuidados necessários com os cachorros um dos mais importantes é o com a pele. A pesquisa realizada pela Comissão de Animais de Companhia (COMAC) do Sindicato Nacional da Indústria de Produtos Veterinários (SINDAN) revelou que 32% das idas de cães ao médico veterinário são por motivo de doenças dermatológicas 

doenças de peleectoparasitasalergias

cuidadoscachorro

​Juliana Trigo, analista técnica Pet da Ourofino, empresa integrante da COMAC, alerta que para cães de pelo longo a escovação diária é muito importante. Outros pontos para ficar atento são arranhões, feridas e limpeza do ouvido, recomendando-se o uso de soluções apropriadas para higienização.

O ideal é que caso qualquer alteração for percebida (per se coçando muito, queda de pelo ou lesões na pele) um veterinário seja procurado. "Será feito um exame dermatológico para a escolha do melhor tratamento, que varia de acordo com a causa da dermatite", explica Natália. 

Dicas para o banho em casa

Alguns donos preferem dar banho no cachorro em casa, eles precisam ter alguns cuidados. Juliana dá quatro dicas para que tudo corra da melhor maneira. 

  • A escovação antes retira os pelos mortos, os nós e sujeiras da pelagem, facilitando a limpeza;
  • Pets peludos precisam ser esfregados no sentido em que os pelos crescem, diminuindo a chance da formação de nós;
  • O condicionador deve ser aplicado no sentido dos pelos e retirado após alguns minutos;
  • Um pedaço de algodão em cada ouvido ajuda a evitar contato com a umidade, responsável pelo aparecimento de otite. 




Artigos Relacionados