Diretoria da Francana se cala após a eliminação no Paulista da Série B

Não foi elaborada sequer uma nota de explicação, agradecimento ou projeções futuras

Postado em: em Futebol

Desde o último domingo, a Associação Atlética Francana se calou. Com a derrota e a eliminação do Campeonato Paulista da Segunda Divisão, técnico, diretores e assessoria de imprensa, até agora, não publicaram uma notícia, manifesto ou projeções para o futuro do time.

A última postagem no site oficial do clube, assim como no perfil da Veterana no Facebook, relata justamente a derrota acachapante para o São Bernardo, por 4 a 1, no ABC, que causou a eliminação do time na segunda fase do campeonato.

Com isso, predominam as especulações sobre a continuidade do presidente, do treinador Carlinhos Alves e dos jogadores que compõem o elenco.

Um comunicado seria de bom tom, assim como um agradecimento à torcida da Francana que, por mais que o time estivesse irregular dentro e campo, apoiou e manteve uma média próxima a três mil pessoas a cada jogo realizado no Lanchão.

Assim como a Francana, outros times tradicionais foram eliminados, caso do XV de Jaú, que perde a classificação pelo terceiro ano seguido jogando em casa, e o América de Rio Preto

No caso do América, era melhor que tivesse sido adotada a técnica do silêncio, como fez a diretoria da Francana. O presidente do América, Luiz Donizete Prieto, teve a capacidade de culpar a torcida pelo vexame e a eliminação do time, com a derrota em casa, em pleno Teixeirão, por 2 a 0 para a Mauaense.

Para o presidente, a oferta de uma premiação em dinheiro de uma torcida organizada ao elenco, em caso de vitória e, consequentemente, de classificação, desestabilizou o grupo.

“A culpa é de todos: diretoria, comissão técnica e jogadores, na derrota todo mundo é culpado, não tem um, são todos. Com a proposta da torcida América Sempre Forte, de premiação em caso de vitória, de R$ 4,5 mil, os jogadores não pensaram em empatar o jogo para se classificar e foram para cima para ganhar o bicho”, opinou o presidente, que foi, é claro, repudiado pelos torcedores.


  • Diretoria da Associação Atlética Francana não emitiu uma nota sequer após eliminação da Segundona

Artigos Relacionados