DESCOBRINDO O BRASIL!

Postado em:

O estudo dapartitura é YOGA !

Tive uma aluna , professora de Yoga, que viajou muito se aprimorando , se especializando para praticar e dar aulas de Yoga.E antes destas viagens, ela estava aqui tendo aulas de piano e certo dia ela fez um paralelo do estudo da partitura com as técnicas do yoga:

- Isso aqui é Yoga. Tenho que me concentrar, focar, relaxar, observar os mínimos detalhes para que o todo seja expresso com maestria. Cada vez que me sento para estudar piano estou praticando yoga.

E tenho certeza absoluta que se aprofundarmos vamos perceber quantas outras observações e paralelos podemos fazer do estudo de piano , da leitura da partitura com a prática de meditação ou Yoga.

Então vamos descrever por exemplo uma leitura de partitura a grosso modo:

  • Vai se localizar: Você tem duas claves – de Sol e de Fá. ( lado direito e lado esquerdo do piano – agudos e graves)
  • Tem uma informação no início sobre quantos tempos devemos ter em cada compasso. Então vai perceber que há uma contagem a ser feita.
  • A primeira nota está na clave de Sol ou Clave de Fá ? Vai tocá-la com a mão esquerda ou com a mão direita ? Onde está localizada no piano?
  • Esta primeira nota tem um valor. Por quanto tempo vai segurá-la?
  • Com que dedo será melhor tocá-la ? Deve olhar as notas seguintes porque precisa pensar no futuro – os dedos que irá utilizar a seguir, então esta primeira nota tem que ter um dedilhado adequado para que a próxima seja tocada mais facilmente.
  • Tem uma indicação se ela deve ser forte ou fraca? Qual é a dinâmica que está sendo proposta na partitura?
  • Se esta nota foi com a mão direita, vamos ver agora a nota da mão esquerda. O processo é o mesmo... passo a passo anterior.

Bem a grosso modo, podemos ver que NO PRIMEIRO OLHAR, apenas para se localizar no piano e tocar o primeiro som, temos que observar rapidamente 6 itens- em cada mão( temos outros, mas basicamente ficaremos nestes).

APENAS UM SOM. A seguir teremos outras centenas e milhares de notinhas e sons, valores, símbolos diversos como staccato, ligadura, fermata, trinados, e tantos outros adornos que vão dar graça e beleza a esta composição. Vão transmitir eloquência ou paz, tristeza ou alegria,suavidade ou intensidade e por aí entramos num universo vastíssimo de informações para se interpretar uma música.

Além de ser um Yoga ... promover a concentração, relaxamento, foco, disciplina, também irá desenvolver áreas cerebrais de decodificação, e ainda atingirá a área dos sentimentos porque existe a intenção do compositor que precisa ser expressa.

Digamos que uma criança dedique 30 minutos do seu dia para DECIFRAR esta partitura. O que estará acontecendo em seu cérebro e emoções?

Digamos que este estudo irá avançando e logo ela irá dedicar mais tempo a estas partituras, poderá escolher qual partitura deseja , ver qual está no seu nível de aprendizado... Com isso, terá motivação para se superar. E a SUPERAÇÃO é outro item que se desenvolve de forma a que a pessoa nunca desista , apesar das dificuldades.

Outro dia uma colega professora me disse que alguns pais retiram a criança do instrumento quando elas se deparam com alguma dificuldade e então a mãe inadvertidamente diz : “ - ela não está feliz, eu a coloquei no instrumento para ser feliz! “ JESUS CRISTO!!! Felicidade também é encarar desafios, é se superar, é sentir o gostinho da vitória depois do esforço!!!

Fica a dica! Este é o BRASIL QUE EU GOSTO DE VER! Este é o BRASIL que eu quero para o presente e futuro!

Hoje, 22 de Abril quando se comemora o DESCOBRIMENTO, vamos descobrir novas formas de fazer este Brasil crescer!!!




*Esta coluna é semanal e atualizada aos domingos.


Artigos Relacionados