Comitiva Amigos do Estradão fará viagem sobre mulas de Franca a Barretos

Com 20 cavaleiros, grupo sairá de Franca no próximo dia 22, com previsão de chegada no sábado, 25

Postado em: em Cotidiano

Ela existe há três anos, reunindo 20 cavaleiros, que se uniram pelo amor à prática do tropeirismo.E mantendo a tradição, a Comitiva Amigos do Estradeiro – fundada pelo proprietário do Restaurante JP, Carlinhos Pigrucci - programou para o próximo dia 22 de agosto, o início de mais uma aventura: os cavaleiros sairão de Franca montados em mulas rumo a Barretos. A previsão é que cheguem para a 63ª Festa do Peão de Barretos no sábado, dia 25 de agosto. “Saímos da chácara de um amigo que fica próxima ao Riacho Doce, pela Rodovia Nelson Nogueira e seguimos até Guará, onde dormimos. Depois vamos para Ipuã, onde descansamos e no dia seguinte, tocamos até Guaíra, que é a última cidade onde dormimos, seguindo direto para Barretos. Chegando lá, registramos a viagem e embarcamos as mulas no caminho para podermos aproveitar a festa”, explica Emerson Luis Fornel, de 34 anos, que trabalha como autônomo com venda e troca de animais, e que há cinco anos faz essa viagem montado em lombo de mula. “Sempre fui apaixonado por muares, pelo mundo sertanejo”, reforça.

O autônomo Emerson Luís Fornel completará o 5º ano de viagem em lombo de mula para Barretos

Segundo ele, além dos 20 cavaleiros, a Comitiva Amigos do Estradão conta com três caminhões de apoio que seguem a viagem. Inclusive, quando chegam a Barretos, as mulas voltam para Franca. “Retornamos em uma van após os shows, que fica aguardando por nós”, completa Fornel.

As mulas são todas ferradas com ferradura nos cascos para não machucá-las, além de receberem todo cuidado com ração, silo, feno e água durante a viagem. “Andamos somente durante o dia e à noite, preferimos descansar. Além disso, o trajeto que fazemos é muito tranquilo”, diz o cavaleiro, que está completando o 5º que viaja para Barretos em lombo de mula. “Também já fui 3 vezes para Aparecida do Norte e 3 vezes na Romaria do Padre Donizete em Tambaú (SP). Sou apaixonado, desde criança ando de mula, seguindo a tradição tropeira da minha família”, finaliza.

A viagem da Comitiva Amigos do Estradão será toda registrada através de fotos e vídeos.


Artigos Relacionados