Com rendas, bordados, texturas, sutiã bralette deixa de ser apenas acessório

Transparência e sobreposição de sutiã ganham status fashion na primavera/verão 2018

Postado em: em Mais+

Já faz um tempo que os sutiãs antigos estão perdendo espaço para o bralette. O novo modelo é perfeito para quem procura beleza e, acima de tudo, conforto, pois ele não possui bojo nem arames para a sustentação, lembrando tops esportivos, já que não possui ferro de sustentação embaixo. No entanto, eles vêm estilosos, com rendas, bordados, texturas, além de tiras que possuem o objetivo de dar um up no look. Como um dos tipos mais versáteis do sutiã, o bralette cabe no visual tanto para aparecer debaixo das roupas quanto para sobrepô-las. E é isso o que se verá na estação primavera/verão 2018, que tem como uma das principais tendências, a sobreposição dos lingeries em blusas e vestidos. “A ideia é pegar aquelas roupas básicas dentro do armário e acrescentar um sutiã rendado, bordado, metalizado, aveludado, ou do jeito que você quiser, em cima delas. Essas combinações são versáteis e se encaixam tanto em visuais street style, ou seja, roupas para usar no dia a dia, quanto em looks chiques e arrojados”, diz a produtora de moda, Claudia Madeira, reforçando que a transparência e a sobreposição chegaram para ficar depois de marcarem presença em looks invernais na temporada de 2017. “Eles se reafirmam em produções frescas das mais diversas referências – esportivas, casual chics e até sociais”, diz.

Mas afinal, como usar o bralette? Ela diz ser interessante combiná-lo com t-shirts, camisas clássicas e blusas de gola rolê. Como complemento, vá de jeans – para não pesar no look – ou na pantacourts e calças de barra cortada, em paletas minimalistas, se desejar fazer a linha it girl.

E quando se fala em quais sutiãs ou tops devem entrar na dança, Cláudia comenta que a escolha perfeita envolve renda e zero bojo. “Nada de colocar por cima da blusa aquele seu sutiã push up, combinado? Para não errar, basta pensar em peças de lingerie que você sempre teve vontade de mostrar por aí, mas nunca teve coragem. Corsets, preto, branco e veludo costumam ser alternativas mais que funcionais”, diz.

Para quem quer seguir esta tendência e nem sabe por onde começar, ela dá algumas dicas para arrasar no look. “Experimente primeiro a lingerie por baixo de peças abertas como camisetas e coletes. Aos poucos, você ganha confiança para usar a peça de outras formas. Como lingerie já é sensual por si mesma, quebre esse efeito, combinando com peças casuais como jeans, tênis e algodão. E por fim, tente um sutiã rendado por cima de uma camiseta justinha: dá um efeito descolado”.

Transparências

A tendência pode ser usada em diferentes ocasiões. Em caráter social, use tops rendados, bem charmosos, como tops por baixo de camisas sociais com transparência suave. Use com saias e calças de cintura alta. Com casacos e sobreposições. Vai ficar linda e sensual, na medida e sem exageros. Já para a correria do dia a dia, na trend do estilo militar, a lingerie aparente empresta sensualidade ao look, quebrando o estigma masculino da tendência. Use com jackets, parkas, deixando a peça aparecer discretamente. Agora, se a ideia é abusar das rendas, os pretos são um luxo. Para suavizar o look, aposte na combinação com calças mom, destroyed, sobreposições oversize, casacos e blazers de veludo.

Mas a assessora de moda é enfática: não é preciso se restringir ao preto. Branco, nude, rosa e azul são outros tons da cartela em cuja textura você pode investir! Texturas bordadas também entram em cena. Agora basta escolher o look certo e arrasar.


Artigos Relacionados