Com aumento no fluxo, cuidados em rodovias devem ser redobrados

Concessionária oferecem socorro mecânico com guincho e auxílio até na troca de pneus

Postado em: em Trânsito

Com as f​érias de estudantes e muitos trabalhadores, neste mês de junho, nas rodovias do Estado de São Paulo, e esperado um volume extra de veículos em relação a outros períodos do ano. 

De acordo com a Artesp (Agência Reguladora de Transporte do Estado), para viajar com conforto, segurança e evitar situações estressantes, algumas medidas e cuidados são indispensáveis e começam antes mesmo de sair de casa.

As empresas que administram as rodovias sob concessão – casos da Cândido Portinari e Ronan Rocha - terão esquemas especiais nesta temporada para melhorar a fluidez do tráfego, principalmente nos momentos de pico, para manter a viagem mais segura e para proporcionar excelentes férias a todos.

Verificar os freios, amortecedores, luzes, óleo e pneus, inclusive a calibragem, são condições básicas para pegar a estrada. Os níveis da água do radiador e do limpador de para-brisa também devem ser checados antes de partir. 

É importante manter a documentação do veículo e do motorista em dia. Além disso, o condutor não deve esquecer os equipamentos obrigatórios como macaco, chave de roda, triângulo para sinalização e estepe. 

Para quem tem filhos pequenos é importante também a utilização de cadeirinha apropriada para idade e peso das crianças. É essencial que o condutor tenha uma boa noite de descanso no dia anterior à viagem e consuma alimentos leves para evitar a sonolência. Os viajantes também devem avaliar a melhor rota e, sempre que possível, evitar os horários de pico.

Por isso, para garantir a tranquilidade durante a viagem, além de fazer a revisão mecânica antes de entrar na rodovia, também é importante ter anotado num papel ou gravado no celular os números dos telefones dos serviços de atendimento ao usuário das concessionárias responsáveis pelas rodovias que for utilizar. 

Todas as concessionárias têm serviços gratuitos aos motoristas, com uma estrutura completa que inclui guinchos, equipes de inspeção de tráfego que percorrem as pistas 24 horas por dia, câmeras de monitoramento de tráfego, painéis de mensagem variável, que oferecem informações sobre as condições de tráfego, serviço 0800, telefones de emergência.

E sempre que ocorrer um imprevisto na rodovia, o usuário deve seguir algumas recomendações de segurança. A primeira medida é parar o veículo em local seguro e comunicar à concessionária, que acionará o atendimento gratuito ao motorista. 

Além disso, o socorro também é acionado pelo Centro de Controle Operacional das administradoras das rodovias ou pelas viaturas de inspeção de tráfego. Nos centros, equipes acompanham quaisquer ocorrências por câmeras que cobrem a malha rodoviária, além de veículos operacionais que circulam monitorando o tráfego.

São direitos dos usuários das rodovias: socorro mecânico com guincho da concessionária até local seguro e auxílio na troca de pneus; socorro médico; telefones de emergência em centrais que funcionam 24 horas por dia; call box, que são cabines telefônicas ao longo das rodovias onde o usuário aciona os serviços.

Algumas dicas importantes antes de pegar a estrada:

* O motorista deve ser cauteloso, não apenas durante o percurso, mas antes mesmo de sair de casa. É importante verificar freios, amortecedores, luzes, óleo, pneus, documentos e equipamentos obrigatórios;

* O veículo deve estar em perfeito estado, a fim de garantir uma viagem tranquila;

* A atenção nas rodovias deve ser redobrada. Antes e durante a viagem, não consuma bebidas alcoólicas e não dirija com sono;

* O motorista e os passageiros devem usar o cinto de segurança - inclusive no banco traseiro -, respeitar os limites de velocidade, não trafegar pelo acostamento, ultrapassar somente em locais seguros e pela faixa da esquerda, reduzir a velocidade em condições de neblina ou chuva e não jogar lixo nas estradas. Não utilizar celular ao volante;

* O Serviço de Atendimento ao Usuário nas rodovias sob concessão está equipado com guinchos, ambulâncias e telefones de emergência 0800 para atender as necessidades dos usuários.

Fonte: Artesp


Artigos Relacionados