Na Serra da Canastra, noivos fazem casamento mais original do mundo

Durante a pandemia e sem parentes e convidados, Layra e Anderson selaram união na Serra da Canastra

Postado em: em Comportamento

​A pandemia do Coronavirus adiou centenas de eventos em Franca e região. Muitos casais foram apanhados de surpresa e tiveram de adiar o sonho da união. 

Porém, para o casal de construtores Layra Hanneza Oliveira, 32, e Anderson Ricardo Santos,43, o momento chegou de forma diferente. 

Contemplaram um sonho e se uniram, sem a presença de pais e familiares, num lugar cinematográfico na Serra da Canastra. 

Layara, explicou que logo que adiou o casamento em abril, começou a planejar algo diferente para sua vida. E ao verificar o trabalho realizado pelo fotografo Renato Moura (que tinha feito um Elopment Wedding no Rio de Janeiro) tratou de realizar seu sonho. 

“Queria nada muito ritmista e engravidar logo, mais rápido, comecei a pesquisar um casamento diferente, pois no cartório tinha agendado para novembro. E meu sonho é cachoeira, natureza e adorei a ideia de Renato, que escolheu a Véu das Noivas, na Serra da Canastra”, disse Layra.

Eles mantiveram a proposta de união e sem ter qualquer convidado ou membro familiar, mas apenas os profissionais contratados realizaram o casamento no final de semana.

"Isso, não significa de que não iremos receber parentes, familiares e nossos pais, pois o evento convencional vai acontecer em novembro", explicou Layra. 

ELOPEMENT WEDDDING 

O Elopement Wedding de Layra e Anderson correu no dia 21 de maio na cachoeira Véu da Noiva, da pousada Vale do Céu, na Serra da Canastra. Em momento mágico de muita emoção, em meio a natureza mais bela de nossa região.

Nas palavras da noiva Layra, "Você até pode sonhar... Mas será preciso estar cercado de pessoas de boa energia e que tenha o mesmo foco e amor que você!"

Layra e Anderson sonharam durante 6 meses com o casamento perfeito. O Elopement Wedding e tudo aconteceu como planejado. 

Nos 6 meses de preparação foi preponderante a escolha da equipe que realizaria esse sonho, e de acordo com o casal, essa equipe foi guiada por Deus.

Profissionais que sonharam cada detalhe com o casal, que viajaram em sintonia com os desejos do dia mais lindo, e que se entregaram para que tudo saísse como no nosso sonho!

Ao final, a energia invocada da natureza fez seu papel e contagiou de emoção todos os envolvidos.

Espera-se para novembro a consolidação desse sonho, agora junto à família, em cerimônia formal e festiva.

Eles tiveram uma despesa em torno de R$ 10 mil, porém poderia ser um valor menor, já que a noiva comprou o próprio vestido no exterior, o buquê foi de pérolas, além da Pousada e equipe que trabalhou no registro desse momento.

Em Franca, a pandemia do coronavirus suspendeu diversos eventos, casamentos, festas, dentre outros, ocasionando um prejuízo em torno de R$ 4,5 milhões. São mais de 200 profissionais que adiaram seus serviços e alguns deles foram cancelados.

(Fotos da home e internas: Renato Moura


Artigos Relacionados