Câmara quer instalação de câmeras de segurança em ônibus urbanos de Franca

Equipamentos ajudarão a evitar e esclarecer roubos, assédio sexual e controlar qualidade do serviço

Postado em: em Política

O vereador Tony Hill (PSDB) esteve em Juiz de Fora (MG), na última semana, conhecendo projetos implantados no transporte público coletivo daquela cidade que têm gerado resultados positivos para a população.

Uma das iniciativas que chamaram a atenção do parlamentar francano foi o sistema de monitoramento por câmeras de segurança em toda a frota de ônibus daquele município, que oferecem mais credibilidade e qualidade ao serviço.

As câmeras monitoram e dão amplo raio de ação à Prefeitura daquele município em várias frentes, com um investimento consideravelmente baixo, feito pelas empresas, por imposição do edital de licitação do transporte público.

“As câmeras monitoram e inibem casos de assalto aos ônibus; atentados cometidos por criminosos, como incêndio dos veículos; cumprimento dos trechos pelos motoristas e a maneira como eles estão dirigindo e até mesmo ocorrências de assédio sexual contra as mulheres, porque o marginal sabe que, com as câmeras, ele será facilmente identificado”, afirmou o vereador Tony Hill.

O parlamentar disse que fará uma indicação, ainda nesta terça-feira, ao prefeito Gilson de Souza, para que ele inclua, quando da elaboração do edital do transporte público, a exigência da instalação de câmeras nos veículos.

Não há necessidade de monitoramento em tempo real, afirmou o vereador, e as imagens poderão ser requisitadas à empresa concessionária do transporte em até 15 dias após uma eventual ocorrência, pela Emdef, fiscalizadora do serviço, ou pelas forças policiais, para apurarem possíveis denúncias – o armazenamento é feito em HDs próprios para esta finalidade.

Tony Hill afirmou que a instalação das câmeras não custará nada aos cofres públicos, pois o investimento será feito pela empresa de ônibus que vencer a licitação para operar o serviço na cidade de Franca.

“Vimos em Juiz de Fora, uma cidade com mais de 700 mil habitantes, que a coisa funciona. O investimento da empresa não será alto diante do salto de qualidade e segurança que teremos nos ônibus. Aqui em Franca também pode funcionar e, como a licitação para um novo contrato será no ano que vem, acho que o momento de apresentarmos esta indicação e levantarmos o assunto é agora”, disse o vereador.


Artigos Relacionados