Câmara entre em recesso, mas vereadores aguardam as sessões extraordinárias

Oficialmente, recesso vai até o fim de janeiro, mas prefeito e presidente devem convocar vereadores

Postado em: em Política

Oficialmente, as atividades legislativas dos vereadores se encerraram nesta quinta-feira, com a eleição do novo presidente da Câmara e só retornam no final de janeiro. Porém, na prática, os parlamentares ficarão no aguardo de convocação para sessões extraordinárias, pelo presidente atual, Marco Garcia (PPS), ou pelo prefeito Gilson de Souza (DEM).

Marco já afirmou, na terça, que será necessária a convocação de pelo menos uma sessão para "limpar" a pauta, com aprovação de indicações, requerimentos e projetos de lei que ainda não foram apreciados este ano.

O Executivo também deverá convocar extraordinárias, ainda este ano e possivelmente em janeiro, para aprov​ação de projetos de lei. Somente na terça, três matérias que entrariam em regime de urgência na pauta da sessão foram retiradas e deverão voltar nas próximas reuniões.


Artigos Relacionados