Anatel: Ao adquirir celular consumidor saberá mais sobre área de cobertura

O que a Anatel quer é transparência e mais informações da prestadora de telefonia nas regiões de interesse

Postado em: em Tecnologia

​A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) aprovou planos de ações apresentados pelas prestadoras Oi, Claro, Tim, Vivo, Algar e Nextel.

Tais planos de ação têm por objetivo garantir que os consumidores interessados em adquirir novas linhas de telefonia móvel, nas modalidades pré-paga ou pós-paga, sejam informados, antes da venda, sobre as condições de cobertura (“nível de sinal”).

O que a Anatel quer é transparência e mais informações da prestadora de telefonia nas regiões de interesse, em qualquer canal de venda (central de atendimento telefônico, lojas físicas, portais na internet, aplicativos, portabilidade, entre outros).

A cobertura é um dos principais fatores relacionados à qualidade da telefonia móvel e essencial para decisão de consumo, como revelado pela Anatel.

As informações relativas à área de cobertura, por tecnologia (2G, 3G ou 4G), evitam que o consumidor adquira um aparelho celular ou plano de serviço e não possa utilizá-lo da forma pretendida (seja pela falta de cobertura/sinal fraco ou por tecnologia inferior disponível em sua região de interesse).

Por força de regulamento da Agência, as prestadoras disponibilizam, em suas páginas na internet, informações sobre cobertura em mapas que permitem a consulta por município e região de interesse. 

(Com informações da Anatel)


Artigos Relacionados