Acredite: Feng Shui contribui para o aumento da produtividade no trabalho

Combinação de arte e ciência, Feng Shui estimula energias do ambiente para uma melhor influência possível

Postado em: em Mais+

Você sabia que a forma como organiza e cuida do seu ambiente de trabalho pode influenciar diretamente na sua produtividade? O Feng Shui acredita que quanto mais personalizado o espaço de trabalho, as pessoas se tornam mais produtivas. Mas não é apenas trazer vários objetos e colocar por ali. Cada coisa tem o seu lugar. "Não pode ser vazio ou entulhado", explica Cristina Ventura, consultora da técnica milenar chinesa.

O primeiro passo para criar um escritório estimulante é mapear o espaço seguindo o baguá, o mapa octogonal do Feng Shui. A mesa de trabalho, por exemplo, é dividida em três áreas: lado esquerdo, meio e lado direito. Confira abaixo o que cada espaço deve receber, de acordo com Cristina:

- Meio
Aqui é o ponto de entrada de energias e simboliza o trabalho. Nele deve ficar o computador. Atrás dele, posicione uma luminária  ou vela que representa o sucesso.


- Lado esquerdo
O espaço deve receber um cristal ou algum objeto vermelho, que simboliza a prosperidade. Um livro sobre algo que esteja estudando, já que ali também é a área da sabedoria. Por fim, uma planta, que tem a função de purificar o ar e tirar energias negativas.


- Lado direito
A área que estimula a criatividade e traz inspiração pode receber uma foto de alguma viagem inesquecível. Um objeto formado por duas peças que se encaixam que simbolizam o diálogo. Não esqueça de incluir uma peça colorida: porta-lápis, caderno ou um toy art.  

 
O posicionamento correto dos objetos estimula as boas energias e a criatividade, mas ainda existe outra dica que pode alavancar ainda mais a sua produtividade. "É a personalização dos espaços que inspira", explica Cristina. Aposte em um desenho feito por alguma criança querida e objetos pessoais que carregam boas memórias. 

Quem trabalha em casa deve manter a mesa posicionada de frente para a porta com as costas protegidas. "Pode ter um quadro com imagem de montanhas, ou que represente a sua espiritualidade", explica a consultura. A cadeira deve ter um espaldar alto, estar bem conservada e posicionada de maneira que seus pés encostem no chão. Esses detalhes garantem proteção e equilíbrio. A cor da peça também está associada a alguns aspectos:

Vermelho: proteção, poder e sucesso.
Laranja: criatividade e força de vontade.
Amarelo: concentração.
Marrom, castanho, bege: estabilidade e concentração.
Azul índigo: reflexão.
Preto: boas ideias.
Roxo: prosperidade.

Nas paredes, a dica de Cristina é apostar no amarelo. "Pode ser um tom mais claro ou em apenas uma das paredes, mas a cor aumenta foco", finaliza.


Artigos Relacionados